sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Animal Perdido | Oração À São Francisco de Assis

Olá!


O post de hoje diria que está bem fora da casinha (e isso poderia facilmente ser um trocadilho perante a situação que delatarei a seguir).
Adotei uma gatinha há um pouco mais de 3 meses, e no último dia 29 (janeiro) ela saiu de casa cedinho e não voltou. Sempre a deixei sair um pouco, para tomar um Sol, desestressar por ficar tanto tempo dentro de casa e muitas vezes sozinha já que saio para trabalhar, ela sempre fez saídas rápidas, ficando sempre por perto. Mas dessa vez o sumiço durou 7 dias, e eu estava muito triste, preocupada e desesperançosa. Passava uma grande parte do meu tempo chorando, orando, revendo as fotos dela e procurando relatos de histórias similares de desaparecimento de felinos na internet, e isso me ajudou muito a não desistir de encontrá-la. Apesar de haver relatos de bichinhos que passaram semanas fora de casa e voltaram como se nada tivesse acontecido, isso não me soava consolo.
A procurei, compartilhei a informação com outras pessoas, postei no Twitter e em grupos do Facebook, fiz o que estava ao meu alcance. E nessas tentativas, busquei até dicas na internet e aleatoriamente encontrei um vídeo no YouTube de uma moça que compartilhou uma oração à São Francisco de Assis, conhecido como o santo protetor dos animais, uma oração proposta para proteger e trazer seu pet de volta ao lar. Ela estava compartilhando como agradecimento por ter a prece atendida... E após ler os testemunhos nos comentários, resolvi fazer o mesmo... Me rendi às preces e prometi a mim mesma que postaria aqui caso a Liza reaparecesse. E hoje ela está em casa.
Ela voltaria ainda que eu não tivesse feito nada além de aguardar? Talvez. Mas prefiro acreditar que

sábado, 15 de janeiro de 2022

Sobre aceitação + Ensaio fotográfico na praia

E aí, mulher? Tudo bem?
Vamos falar sobre autoestima? Como anda a sua?

Eu sempre achei que fosse bem resolvida comigo mesma e com meu corpo, até passar por uma fase de despertar espiritual e autoconhecimento. Essa fase, quem já passou, sabe que não é tão good vibes quanto alguns deixam parecer. Chega a ser doloroso olhar tão pra dentro e ao mesmo tempo para tão além de você e descobrir uma realidade e verdades que sempre estiveram aqui, mas pareciam secretas até então.

Sempre bati na tecla de que mesmo que eu fosse milionária não me submeteria à procedimentos estéticos para "corrigir" o que não gosto em mim. E antes achava que isso fazia parte da autoaceitação, quando na verdade era apenas medo dos métodos. Se eu me aceitasse, por que então não sorrir para as fotos sabendo que isso realça minhas bochechas? Por que eu não passava batom em todo o contorno da boca sabendo que isso destaca o quão carnudo meus lábios são? Por que não usar a parte de baixo do biquíni mesmo sabendo que acharia horroroso minha perna com duas cores por usar shorts ao invés? Por que parar de usar blusas com decote nas costas que sempre amei após surgimentos de espinhas que as deixam com manchas?
Esses não seriam hábitos de uma pessoa que pratica o autoamor.
Adquirir truques que realçam o que você mais ama em ti, é diferente de

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Na primeira semana? É sério, 2022 ??

Olá!

Adoraria dedicar este primeiro momento para falar de coisas boas e bem alto astrais, mas infelizmente meu primeiro post do ano não é um "Bem-vindo, 2022!"... Começar o ano com a notícia da tragédia que aconteceu em Capitólio-MG no último dia 08 foi, no mínimo, impensável. Os vídeos são chocantes! Já vi tudo aquilo de perto... O Mar de Minas foi palco de um dos melhores dias da minha vida... Tenho um vídeo chegando ali nos Cânions que fazem meus olhos brilharem sempre que revejo, a beleza daquele lugar é de uma imensidão que sequer consigo expressar. Inclusive tinha planos de

quarta-feira, 29 de dezembro de 2021

Reflexões de fim de ano



Oie! Tudo bem por aí?

Dezembro chegando ao fim e trazendo para mim o segundo momento mais reflexivo do ano (o primeiro é aproximação do meu aniversário). Em ambos os casos são ciclos que estão se fechando para que novos se iniciem, e é normal que a cada início tracemos objetivos, metas, mudanças internas e bem pessoais (desejo de uma nova personalidade talvez). Como também é normal que chegando "no fim" nos questionemos se conseguimos concluir os planos anteriores, se nos esforçamos o suficiente, se ainda dá tempo de correr atrás nesses acréscimos, ou se o ideal mesmo é deixar zerar a rodada e começar um novo round. Estou sim falando do

quarta-feira, 15 de dezembro de 2021

Bora Viajar!



Há um tempo que viajar o máximo que eu puder virou uma das minhas prioridades. Desde a primeira saída solo, o gostinho de quero mais nunca mais me largou. No início, as agências que eu conhecia só faziam roteiros bate e volta aos domingos e/ou com hospedagem. E como uma trabalhadora CLT